quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Cabral calçando as sandálias da humildade

Governador Sérgio Cabral, antes prepotente, que ousou fechar o Instituto São Sebastião, no Caju, o Instituto de Infectologia, que ousou fechar o IASERJ Central, um complexo hospitalar que reunia 11 prédios, com mais de 40 especialidades, centros cirúrgicos, laboratórios, um atendimento a uma gama expressiva da população foi fechado. O que houve no Hospital Pedro II, com a explosão criminosa de um transformador? A investigação até hoje não foi concluída. Um Governador que se dispôs a patrocinar a orgia em que consistiu a reforma do Maracanã por muito mais de um bilhão de reais, e ainda estava destinada a reforma a acabar com o Parque Aquático Júlio Delamare e com o Célio de Barros. Em relação ao Júlio Delamare, o Governador vem calçando as sandálias da humildade e recuou. Está recuando em relação ao Museu do Índio. É claro que deve recuar também em relação ao Célio de Barros, para as competições de atletismo. Mas deve recuar também em relação ao Quartel General da Polícia Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário