quarta-feira, 13 de março de 2013

CPI - Recursos das taxas de incêndio



CPI
O deputado estadual Paulo Ramos (PDT-RJ) está requerendo uma CPI na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) para investigar de onde vêm e para onde vão os recursos destinados ao Corpo de Bombeiros. Segundo ele, o caso do Leblon “demonstra o risco a que são submetidos os próprios bombeiros, que não têm equipamentos”.
“Tenho certeza que os recursos das taxas de incêndio, pagas pela população, estão sendo usadas em diversas finalidades, distantes da destinação correta, que é para o aparelhamento da corporação. Como tem escada Magirus em um quartel e em outro não? Esse equipamento é essencial, levando em consideração o tamanho dos edifícios do Rio de Janeiro. Se no da Gávea não tem, imagina a situação dos quartéis de Realengo, Baixada Fluminense ou Zona Oeste”, ressalta o deputado.

Por trás das falhas, os problemas do Corpo de Bombeiros do Rio: JORNAL DO BRASIL

Nenhum comentário:

Postar um comentário