sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

SUSPEITA DE VENDA DE DIPLOMAS SERÁ INVESTIGADA POR CPI

 O presidente do grupo Signorelli, professor Hércules Pereira, será ouvido pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que investiga denúncias contra as universidades particulares no estado no próximo dia 19, às 10h30, na sala 311. Pereira foi convocado para esclarecer queixas, feitas contra a instituição, sobre a qualidade do ensino à distância e suspeita de vendas de diploma. O presidente da comissão, deputado Paulo Ramos (PDT), disse que ainda há muito a ser investigado. "Vamos dar continuidade ao nosso trabalho, pois ainda há representantes de instituições e de órgãos fiscalizadores para serem ouvidos. A CPI não se esgota somente em investigação no estado do Rio, podemos enviar os relatórios elaborados para o Congresso Nacional e para outras assembleias do País, a fim de investigar como está sendo feito o ensino superior privado no Brasil", explica o pedetista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário