terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

DETRAN - concurso o mais breve possível.


Maior velocidade (Editorial)
O deputado estadual Paulo Ramos (PDT) fez bem ao ir ao encontro do presidente do Detran, Fernando Avelino, para pedir agilidade no concurso para cargos de nível médio da autarquia. É papel dele, assim como dos demais representantes do povo, volta e meia sair do gabinete ou do plenário da Assembleia para defender os interesses da sociedade.
Os parlamentares não falam só por eles nem pelos seus partidos políticos. Também não falam só pelos cidadãos que votaram neles, mas por toda a sociedade. Eles foram eleitos e tomaram posse para isso, mas nem todos os deputados levam isso em conta, infelizmente.
A preocupação de Paulo Ramos é justificada, pois o concurso foi anunciado no início do semestre passado, com previsão de edital para novembro de 2012. Além disso, o deputado observa, com toda razão, que um órgão dessa importância, que incorpora o poder de polícia – quando fiscaliza, multa e emite carteiras de identidade, por exemplo -, não pode funcionar com grande número de terceirizados. Funções como essas só podem ser exercidas por servidores estatutários, concursados.
A necessidade de substituição de funcionários irregulares e de ampliação do quadro de pessoal é reconhecida pelo Detran quando anuncia a oferta de 800 vagas (metade delas imediata). Paulo Ramos saiu da sede do Detran convicto de que a autarquia abrirá o concurso o mais breve possível. A sociedade também espera isso. O órgão, por seu turno, informa que está em andamento a escolha do organizador, a ser concluída em breve.
Que venha logo esse edital, até porque o Departamento de Trânsito fez apenas um concurso para nível médio, em toda a sua história, em 2009. Só neste governo ele começou a deixar de ser um cabide de empregos, mas é preciso agilizar a implantação de meritocracia. Evidentemente, há ‘forças ocultas’ contrárias à moralização, mas serão derrotadas pela atual administração, comandada pelo presidente Fernando Avelino, que vem se esforçando ao máximo para melhorar o funcionamento da autarquia e oferecer um serviço de maior qualidade à população.

REPRODUÇÃO - FOLHA DIRIGIDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário