quinta-feira, 26 de abril de 2012

Cabral e Delta: deputado quer Comissão Especial para acompanhar auditoria

JORNAL DO BRASIL 

Depois de o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, anunciar que os contratos do governo do estado com a Delta Construções S.A serão analisados, pressionado pela repercussão do escândalo da divulgação de gravações em que a empresa era citada por Carlinhos Cachoeira, o deputado estadual Paulo Ramos (PDT) enviou à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio um pedido de criação de uma Comissão Especial para trabalhar junto ao governador.
A intenção da Comissão, segundo Ramos, é "não permitir que Sérgio Cabral proteja os desvios de conduta da Delta" e também "não deixar que o governador jogue ilícitos para debaixo do tapete".

CPI frustrada 
Há cerca de um mês, Paulo Ramos não conseguiu a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para analisar os contratos de licitações firmadas com o governo estadual nos últimos cinco anos. O pedido de comissão foi motivado pela divulgação de um grande esquema de fraude em licitações no Instituto de pediatria do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Faltaram cinco assinaturas, o que, segundo Ramos, deve-se a "uma forme resistência da base governista na Alerj".

Nenhum comentário:

Postar um comentário