sábado, 25 de fevereiro de 2012

"Lupi deixou Paes constrangido", diz deputado

A indicação de Carlos Lupi para um cargo comissionado na prefeitura do Rio de Janeiro não pegou bem para ninguém. Apesar de ter voltado atrás na nomeação do ex-ministro do Trabalho, que faria um trabalho de articulação com o governo federal, Eduardo Paes ficou constrangido com a situação. Nem o próprio prefeito imaginava uma repercussão tão negativa da contratação. A opinião é do deputado estadual Paulo Ramos (PDT-RJ).

Pressão

Co-partidário de Lupi, o parlamentar crê que o prefeito nomeou o presidente do PDT sob pressão. "Certamente ele foi pressionado a fazer isso, já que o PDT integra a base aliada, e deu no que deu. Pegou mal para os dois. Lupi deixou Paes constrangido. No final das contas, o próprio Lupi ficou constrangido com a situação".

FONTE: JORNAL DO BRASIL

Nenhum comentário:

Postar um comentário