quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Paulo Ramos e Wagner Montes acionam PDT Nacional para nova eleição no Rio


Os deputados estaduais Paulo Ramos e Wagner Montes, ambos do PDT, enviaram nesta terça-feira à direção nacional do partido cópia da decisão da 1ª Câmara Cível do Estado do Rio de Janeiro, que anulou recentemente a Convenção Regional do partido que elegeu a atual diretoria. Os dois deputados alegam que, como a Justiça anulou as eleições, todos atuais dirigentes também têm que ser destituídos e convocada uma nova eleição.

No documento, Ramos e Montes pedem que “seja nomeada, imediatamente, uma Comissão Provisória”, integrada por representantes das bancadas estadual e federal para a “escolha dos membros do Novo Diretório Regional.”

Solicitam ainda ao presidente do PDT nacional, deputado federal André Figueiredo, que “seja afixada a data para a realização da eleição no prazo máximo de 90 dias”, e que seja estabelecido que o “colégio eleitoral seja constituído de todos os filiados”, já que a maioria dos municípios não têm diretórios atuantes, ou são integrados por representantes indicados por uma Comissão Executiva agora considerada “ilegítima” pela decisão judicial.

“Só queremos que o PDT nacional cumpra uma decisão judicial e convoque nova eleição. Até porque se não fizermos isso logo, a situação do partido ficará muito complicada para a próxima eleição”, afirmou Paulo Ramos.

Um comentário: