quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Médico de Niterói inspira lei para cuidar das vítimas de AVC

Iniciativa do deputado Paulo Ramos (PDT), foi aprovado na Alerj nesta quinta-feira (11) o projeto de lei que cria o Programa de Assistência aos Vitimados com Acidente Vascular Cerebral (AVC). Segundo o deputado, o programa foi inspirado no trabalho do médico de Niterói, Daniel Chutoriansky, que vivenciou todas as etapas sofridas pelos acometidos de AVC, da depressão à reinserção na vida e no mercado de trabalho.
A partir do acidente com ele mesmo, o médico criou um grupo de assistência aos vitimados pelo AVC para troca de experiência e solidariedade. No Brasil, a cada três mortes por doenças cardiovasculares, duas são por AVC e uma por infarto do miocárdio.
Para o desenvolvimento do projeto proposto por Paulo Ramos, serão formados grupos nos hospitais estaduais com equipes multidisciplinares formadas por médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, nutricionistas e terapeutas ocupacionais.
O objetivo é o tratamento adequado nas emergências, apoio psicólogo individual e familiar, local adequado para a realização de fisioterapia, orientação social, orientação previdenciária, trabalhista, além de exames periódicos.
“O doutor Daniel faz um trabalho brilhante. Ele ensina, por exemplo, que bastam três coisas simples para saber se a pessoa está sendo vitimada por AVC: se não conseguir levantar os dois braços, não conseguir pronunciar uma frase inteira e se não conseguir sorrir”, afirmou o deputado.
ASSISTA O DEBATE COM O DEPUTADO PAULO RAMOS E O DR. DANIEL CHUTORIANSCY - TV ALERJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário