terça-feira, 31 de maio de 2011

CPI vai ouvir nesta quarta-feira representante da CBF

A CPI da Assembléia Legislativa (Alerj) que investiga as possíveis vendas irregulares de terrenos, lotes, casas e apartamentos na região da Barra da Tijuca recebe nesta quarta-feira (primeiro de junho) o vice-presidente jurídico da CBF, Carlos Eugênio Lopes.
Ele faltou à sessão da semana passada, mas a sua presença foi confirmada pelo próprio presidente da CBF, Ricardo Teixeira. A CPI quer saber de quem a CBF comprou o terreno onde será instalado o Centro de Treinamento da seleção brasileira, a sede administrativa da entidade e um Museu do Futebol.
“Como existem muitas dúvidas sobre as transações nos terrenos da Barra e região, a nossa intenção é verificar se a CBF não foi enganada”, afirmou o presidente da CPI, deputado Paulo Ramos (PDT).
Caso o vice-presidente jurídico volte a se ausentar, o deputado Paulo Ramos afirma que a CPI irá solicitar forças coercitivas para garantir o depoimento do representante da CBF. Não está afastada também a hipótese da convocação do presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário