sábado, 9 de abril de 2011

GRAMPO NA ALERJ

07 DE ABRIL - O presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Melo, anunciou em plenário que a varredura anti-grampos feita semana passada na Casa encontrou uma escuta no gabinete da liderança do PMDB. O artefato, segundo os técnicos, estava desativado e não funcionava há, pelo menos, oito meses. A sala foi ocupada até o ano passado por Aparecida Gama. Nesta legislatura, está sob o comando de André Lazaroni. É o segundo grampo encontrado na Assembleia este ano.