quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

DEPUTADO PAULO RAMOS QUER NOVA COMISSÃO ESPECIAL PARA O CASO VARIG


A Associação de Pilotos da Varig revelou nesta quarta-feira (23/02), durante um encontro com o deputado Paulo Ramos (PDT), na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que a dívida trabalhista da empresa aérea, incluindo plano previdenciário e salários, é de R$ 5 bilhões. Segundo a entidade, os ex-funcionários teriam direito a uma indenização de R$ 300 mil. O deputado já apresentou requerimento pedindo a criação de uma comissão especial para voltar a acompanhar o processo de falência da Varig, que já foi objeto de uma CPI na Casa presidida pelo próprio parlamentar.

Palestra discute os direitos dos pilotos da varig

Segundo Paulo Ramos, esse imbróglio já dura cinco anos. "Fiz várias audiências públicas. A CPI concluiu que a falência da empresa foi um grande golpe. Estamos diante de um caso de corrupção, e não só de um crime de lesa-pátria, pelo o que a Varig representava. Há muitos interesses econômicos e financeiros envolvidos nesta história", frisou o deputado, lembrando que a Vara Empresarial, que decretou a falência da Varig, ratificou, por meio de relatório, a investigação realizada pela CPI. "No início desse processo houve um programa de demissão voluntária, mas as indenizações não foram pagas", contou Otávio Bezerra Neves, advogado da associação, acrescentando que a indenização beneficiaria 19 mil trabalhadores.

Neves destacou que a comissão especial, proposta por Ramos, poderá tentar localizar as pessoas que se beneficiaram do processo de falência. "O processo de recuperação judicial foi um fracasso. A companhia foi praticamente diluída. Os maiores credores da Varig eram os próprios empregados, que respondiam por mais de 55% de todos os passivos da companhia. Par piorar, o governo fez uma intervenção dentro do fundo de pensão, acabando com os planos de previdência complementar dos empregados", lembrou o advogado, acompanhado do presidente da associação, Élnio Borges Malheiros.

(texto de Marcela Maciel)