quinta-feira, 25 de novembro de 2010

INSTALADA COMISSÃO PARA ACOMPANHAR PROCESSO DE FALÊNCIA DA VARIG


Foi instalada nesta quinta-feira (25/11) a Comissão Especial de Acompanhamento do Processo de Falência da Varig e da situação dos ex-funcionários da empresa. A comissão terá como presidente o deputado Paulo Ramos (PDT) e a primeira reunião acontecerá no dia 08 de dezembro, quando começarão a ser ouvidos os envolvidos no caso. De acordo com Paulo Ramos, o objetivo será dar continuidade ao assunto, já debatido anteriormente durante os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada em 2007, na ocasião da falência da empresa. Na época foi feita uma profunda investigação sobre o caso.

“Na CPI, buscamos provas e chegamos a conclusões que eram sempre negadas pelos que defendiam a chamada recuperação judicial. Passado o tempo, a Vara Cível que tinha responsabilidade pelo caso decretou a falência da Varig e relacionou os motivos em cerca de 20 itens. Essa foi uma prova de que tudo o que a empresa alegava antes era mentira e, como consequência, tivemos muitos funcionários desempregados, aposentados e pensionistas que perderam a complementação pelo fundo de pensão e o governo se livrou de suas responsabilidades”, destacou o parlamentar.

Na vice-presidência, a comissão terá o deputado Luiz Paulo (PSDB) e, na relatoria, o deputado Flávio Bolsonaro (PP). Os deputados Gilberto Palmares (PT) e Comte Bittencourt (PPS) também são membros da comissão que pretende ouvir ex-funcionários e seus advogados para conhecer todas as implicações da falência da empresa para os profissionais.

Fonte: Comunicação Social da Alerj