terça-feira, 26 de outubro de 2010

HOSPITAL PEDRO II - ingressei com duas representações junto ao Ministério Público



Texto da Ordem do Dia


O SR. PAULO RAMOS (Pela ordem) - Sr. Presidente, estamos recebendo aqui na Casa uma representação dos servidores do Hospital Pedro II.

Todos sabem que houve a explosão do transformador do Hospital Pedro II acarretando graves consequências, principalmente naquele momento para os pacientes internados. (Palmas).

Há uma dúvida sobre se a explosão do transformador foi criminosa ou um acidente pela falta de manutenção que vinha sendo denunciada pela representação dos próprios servidores.

Se num primeiro momento os pacientes foram as principais vítimas, com o desdobramento, toda a população, pois o Governo do Estado resolveu fechar o hospital, com isso impedindo e suprimindo o atendimento da população e perseguindo os servidores. Há a situação esdrúxula de servidor ter de permanecer no hospital sob pena do corte do ponto, sem fazer nada; há a transferência de servidores, inclusive servidores que foram concursados, para a prestação de serviço público, no Hospital Pedro II.

De qualquer maneira Sr. Presidente, não é possível que esta Casa não se mobilize para saber e investigar o que ocorreu no Hospital Pedro II. Pela Comissão de Trabalho, depois de ter tentado na Comissão de Saúde, estou submetendo aos seus membros, uma proposta de convocação do Secretário de Estado de Saúde para prestar esclarecimentos a esta Casa.

Já ingressei também com duas representações junto ao Ministério Público: uma para que o Ministério Público acompanhe as investigações, pois o Poder Executivo está sob suspeição e não pode fazer as investigações sem o acompanhamento do Ministério Público, e a outra para que o hospital não seja fechado. É possível manter o funcionamento e fazer as obras necessárias com aquela unidade funcionando. Portanto, presto a minha solidariedade aos servidores aqui presentes e denuncio o Governo por mais uma irresponsabilidade em relação à saúde pública no nosso Estado.

O SR. PRESIDENTE (Gilberto Palmares) – A Presidência também saúda a representação dos servidores do Hospital Pedro II, entre eles a ex-dirigente do Sindicato de Telecomunicações, a psicóloga Ângela Carvalho.