terça-feira, 13 de julho de 2010

Deputado Paulo Ramos já havia denunciado gastos da Saúde

"SAÚDE GASTOU 81 MILHÕES SEM LICITAÇÃO EM 2009"
( Alegando urgência, estado paga quase o dobro do valor cobrado pelo mesmo produto em concorrência públicas )

O deputado Estadual Paulo Ramos, líder do PDT e Presidente da Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social na Alerj, vem desde o ano passado analisando situações absurdas como a que o jornal O Globo apresentou hoje, em relação a administração da Saúde de nosso Estado. O jornal aponta os 81 milhões gastos pela Secretaria estadual de Saúde em compras de medicamentos e material hospitalar sem licitação e com preços bem acima do mercado.

Por essa e outras razões que o deputado Paulo Ramos apresentou, em 2009, requerimento solicitando a criação de uma comissão parlamentar de inquérito – CPI, para investigar o derrame de remédios falsos e contrabandeados vendidos por farmácias e possivelmente distribuídos por órgãos públicos.

Ramos também apresentou requerimento de informação ao Secretário de Estado de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Cortes, solicitando a relação nominal, com as respectivas quantidades, de todos os medicamentos recolhidos nos exercícios de 2007 e 2008, tendo em vista a validade vencida.

Em face do Secretário de Estado de Saúde e Defesa Civil sem qualquer justificativa ou motivo razoável, não ter respondido as solicitações do Paulo Ramos, o deputado denunciou o Secretário por crime de responsabilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário