quinta-feira, 1 de julho de 2010

DEFENSORES DOS ANIMAIS SÃO HOMENAGEADOS EM CERIMÔNIA NO PLENÁRIO

Segundo país do mundo com a maior população de animais domésticos, o Brasil conta com muitas organizações não-governamentais e defensores dos bichos. Pensando nisso, o deputado Paulo Ramos (PDT) homenageou, nesta quarta-feira (30/06), no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, dois personagens importantes na luta pelo bem-estar de cães, gatos, pássaros e demais pets. A presidente da Associação Nacional de Implementação dos Direitos dos Animais (Anida), Andréa de Jesus Lambert, e a diretora-presidente da Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (Suipa), Izabel Cristina Nascimento, receberam das mãos do parlamentar, respectivamente, o diploma Cristo Redentor e o título de Benemérito do Estado do Rio. “Todos que fazem o bem ao animal fazem um bem à sociedade também. Por isso, a justa homenagem a essas duas pessoas que dedicam suas vidas a essa causa”, declarou Ramos.

Ainda no que se refere ao ranking mundial de número de animais domésticos, o Brasil perde apenas para os Estados Unidos. São 27,9 milhões de cães, 12 milhões de gatos e 4 milhões de outros pets. A relação é de um cão para cada seis habitantes e um gato para cada 16 habitantes. Esses dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e mostram o tamanho do problema e a luta que pessoas como Izabel e Andréa enfrentam no seu dia-a-dia. “Temos muitas dificuldades no trabalho diário. O poder público não faz o que deveria e, por isso, temos é que contar com o apoio de deputados que se preocupam com a causa”, disse Andréa, ao lembrar dos deputados Edson Albertassi e André Lazaroni, ambos do PMDB, que também lutam pelo bem dos animais.

Durante o encontro, as duas homenageadas fizeram questão de apontar alguns projetos e leis que ajudam na proteção e no combate a maus tratos aos bichos. Dentre os projetos, encontra-se o 2.972/10, de autoria do deputado Paulo Ramos, que trata da criação do Centro de Saúde do Animal no estado. “Ao mesmo tempo em que este projeto de lei visa a possibilitar as pessoas carentes meios para tratamento veterinário aos seus animais, o projeto possibilita que seja feito um constante estudo da situação dos animais pelo centro de estudos criado”, comentou o pedetista. Já a Lei 3.714, de 21 de novembro de 2001, de Albertassi, também foi lembrada durante o evento. A determinação proíbe a apresentação de espetáculos circenses ou similares que tenham como atrativo a exibição de animais de qualquer espécie.

A Suipa conta hoje com 3.600 animais e sua maior preocupação é conscientizar a população para o interesse pela adoção de animais. Presidente da sociedade, Izabel Cristina dividiu o seu prêmio com todos que também trabalham pela causa. “Quero dividir essa homenagem com todos aqueles que respeitam os animais e defendem os seus direitos; mesmo aquele morador de rua que toma conta de seu bichinho e, por vezes, divide o pouco que tem com ele, ou aquela pessoa que para seus afazeres para ajudar um animal com dificuldade. Todos têm suas responsabilidades. Esse prêmio é também para essas pessoas”, concluiu Izabel, informando que os portões da Suipa são abertos de segunda-feira a sábado, das 8h às 17h30.

(Texto de Raoni Alves)

Nenhum comentário:

Postar um comentário